MENOS DIREITOS PARA OS APOSENTADO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O recente anúncio feito pelo Conselho de Ministros de colocar a Caixa Geral de Aposentações sob a tutela do Ministério do Emprego, Solidariedade e Segurança Social só pode ser analisado à luz de todas as medidas de suposta convergência que têm sido levadas a cabo pelos sucessivos governos PS, PSD e CDS-PP.

A SITUAÇÃO DOS APOSENTADOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A proposta de Orçamento do Estado para 2015 representa, para os trabalhadores da Administração Pública, a continuidade das medidas de empobrecimento, de despedimentos, de roubos salariais e de destruição de serviços públicos. Tais medidas, a concretizarem-se, são um ataque não só a estes trabalhadores mas a toda a população, por via da degradação e encerramento de serviços públicos, aumentando brutalmente os custos para o acesso dos cidadãos aos serviços de saúde, educação, segurança social, justiça e demais serviços públicos.

RESOLUÇÃO DO II ENCONTRO NACIONAL DE APOSENTADOS

 As alterações que se têm verificado nos sistemas de aposentação criaram insegurança e impedem os trabalhadores e os aposentados de fazerem um planeamento da sua vida futura, pondo em causa o princípio da confiança, fundamental num estado democrático;

1 / 1

Please reload

Rua Rodrigues Sampaio nº 138 - 3º andar1150-282 Lisboa 

Telefone : 21 317 2480 * Fax : 21 315 2820 /  21 317 2489